Hérnia tem origem na palavra grega “Hernius” que significaria “Rebento” e chegou até nós como Hérnia através do latim.

As Hérnias são desde há milhares de anos reconhecidas como um desafio cirúrgico e as técnicas utilizadas actualmente no seu tratamento, são o resultado de um longo caminho percorrido no conhecimento anatómico das estruturas abdominais e no seu funcionamento;

Estima-se que a prevalência das Hérnias na população geral seja de 3 a 8 % valores que variam consoante a literatura consultada;

As Hérnias da região inguinal constituem a Patologia Cirúrgica mais vezes diagnosticada entre os Homens e a 2ª cirurgia mais realizada em todo o Mundo, a seguir à Apendicectomia, dados reveladores do seu impacto na saúde pública e na economia